Fale connosco Fale connosco Fale connosco CHAT LIGUEM-ME online
< Voltar a Coronavirus

 

Constrangimentos nos envios

 

Antes de fazer o seu envio, seja qual for o destino, confirme que o seu destinatário continua a ter as instalações abertas.

Devido às limitações de circulação impostas para conter a propagação do Coronavirus, os tempos de trânsito de referência sofrem alterações em alguns países. O tempo de trânsito de um envio é uma estimativa do tempo que decorre desde a entrega até à recolha. Antes da epidemia estes tempos eram muito estáveis, com base na experiência dos milhares de envios já realizados. Devido ao Coronavirus, os tempos de trânsito tornaram-se voláteis, dependendo da situação de crise específica de cada país.

 

Por esse motivo, criámos esta página especificamente para disponibilizar informação ajustada e atualizada numa base diária, enquanto a epidemia estiver ativa. Lembramos que o Serviço de Apoio ao Cliente da Alfaloc está disponível 24h/dia, todos os dias, via 917 777 100. Pode também contactar-nos pelo email 24horas@alfaloc.pt e pelo Whatsapp 917 777 100. Pode a qualquer momento consultar o estado do seu envio em Localizar Envio.

 

Últimas atualizações:

 

07-08-2020

Em Portugal, com a evolução favorável do controlo da pandemia, estamos a observar a reposição gradual do fluxo de aviões, camiões e outras viaturas que realizam o transporte de mercadorias daqui para o mundo.

Infelizmente, essa evolução favorável não é global. Existem fortes restrições no acesso a alguns países, como o Brasil, nos quais, o número de voos reduziu drasticamente ou foi interrompido. Também o acesso via camião pode estar limitado aos bens considerados essenciais.

Estas condicionantes podem provocar alterações no tempo de trânsito habitual.

Para esclarecer dúvidas, fale com o Serviço de Apoio ao Cliente: disponível pelo 917 777 100 nas 24h/dia.

 

04-06-2020

3ª fase do desconfinamento. Nova fase de reabertura alargada de negócios. As empresas e as pessoas tentam retomar e normalizar a sua atividade. No entanto, é necessário manter os cuidados de desinfeção e distanciamento social.

De forma a proteger colaboradores, clientes e parceiros, a Alfaloc vai continuar a ter todos os cuidados aconselhados pela DGS na recolha e entrega de mercadorias. Significa que a taxa Covid-19* aplicada aos envios continua a justificar-se devido à necessidade do uso de álcool gel desinfetante, uso de luvas, máscara e viseira, para que continuemos o bom caminho.

Manteremos estes procedimentos até que haja novas instruções oficiais para que possam ser descontinuados.

Mantenha-se seguro/a.

*Taxa Covid-19 é de 0,16€/kg, aplicada ao peso taxável. Tem um mínimo cobrável de apenas 0,48€ por envio. É uma das mais baixas do mercado. Com proteção, salvaguardamos a saúde de todos.

 

07-05-2020

Agora que Portugal já não está em estado de emergência, retoma-se o esforço de voltar à normalidade. Grande parte dos negócios retomaram a atividade nesta 2ª feira, 4 de maio. Muitos destes negócios retomaram parcialmente, ainda a reorganizarem-se, a escoarem produtos que já tinham sido prometidos aos clientes, e a repôr o nível de matérias-primas.

 

Assim, como noutros setores, a atividade do transporte de mercadorias nota situações novas:

 

Pelas razões acima enumeradas e outras adjacentes, notamos constrangimentos nas operações dos envios nacionais, o que significa que o tempo de trânsito para um envio nacional não urgente pode ser superior ao tempo de trânsito estimado em situação normal.

 

No entanto, há uma forma fácil de a sua empresa contrariar estas complicações: com uma carrinha dedicada à recolha e entrega da sua mercadoria. Se tem uma encomenda com prazo de recolha/entrega apertado, recomendamos o serviço exclusivo: o FoguetePeça um orçamento aqui.

 

 

14-04-2020 - Taxa COVID-19

Com equipamentos adequados (e até inovadores) - luvas, máscara, gel desinfetante e viseiras -, os estafetas Alfaloc continuam a realizar as recolhas e entregas em pleno.

Preocupamo-nos em garantir não apenas a nossa proteção, mas também a proteção da sua empresa (nosso cliente) e a dos seus clientes (nossos destinatários).

No entanto, à semelhança de outras transportadoras, também a Alfaloc vê, todos os dias, os seus custos de funcionamento aumentarem devido a este esforço de disponibilização de material de proteção. Especialmente agora que os custos destes materiais estão a ser amplamante explorados, chegando a multiplicar-se por 10, em alguns casos.

Face a esta situação, não seria mais possível continuar a suportar na totalidade os custos do material de proteção. Por essa razão, a partir do dia 15 de abril (inclusive), os envios Alfaloc terão uma taxa COVID-19 de 0,16€/kg.

Esta taxa é muito inferior à de outros parceiros no mercado. A razão pela qual a taxa é uma das mais baixas do mercado é porque a Alfaloc não pretende obter qualquer lucro desta situação.

Mais informamos que a taxa de 0,16€/kg tem um mínimo cobrável de apenas 0,48€ por envio, e que a taxa se aplica ao peso taxável*.

*Peso taxável é o maior valor quando se compara peso real e peso volumétrico de um volume.

Esta taxa será aplicada aos orçamentos que realizar ou receber a partir do dia 15 de abril.

 

01-04-2020

Apesar de o transporte a entrar, dentro e a sair de Espanha estar muito reduzido, mantém-se o “Corredor Verde” (circulação com menos restrições, dedicada ao transporte de mercadorias, definida pelas instâncias europeias), sendo permitida a passagem de mercadoria de Portugal para a Europa e vice-versa.

No entanto, para serviços Foguete e Partilha, deverá fazer uma declaração de transportes urgentes (que seja escrita em versões português, espanhol e inglês), que deve referir a salvaguarda do regime excecional do Real Decreto RDL 10/2020, de 29 de março. Esta declaração tem de acompanhar a carga. Poderá ser feita pelo expedidor ou pela Alfaloc.

Alguns operadores logísticos começam a implementar taxas relacionadas com o contexto e com as dificuldades sentidas. As taxas podem ser aplicadas para determinados destinos e/ou peso/dimensão dos volumes. Verifique com o seu Gestor de Cliente se pode haver algum impacto para os envios da sua empresa.

 

 

30-03-2020

As últimas notícias dão-nos informação de uma situação mais difícil em alguns Países.

Nova atualização de Códigos postais com maiores dificuldades na entrega:

França

 

Itália

 

Andorra

 

 

26-03-2020

Nos últimos dias temos verificado atrasos na entrega final dos envios para o Brasil e EUA.

Na maioria das vezes este atraso está relacionado com o transporte interno, no próprio País de destino.

As ligações aéreas mantêm-se a funcionar regularmente.

 

Voltamos a pedir que seja confirme com o seu destinatário se este está em condições de receber a encomenda: se tem o negócio aberto, e se tem alguém para a receber a encomenda.

 

Se pretende um serviço mais personalizado - com definição, por si, do intervalo horário em que pretende que a entrega seja concluída - fale com o seu Gestor de Cliente ou com o Serviço de Apoio ao Cliente (917 777 100) para que lhe sejam apresentadas as soluções mais adequadas.

 

 

20-03-2020

Foi declarado Estado de Emergência em Portugal, no seguimento do tem acontecido em vários outros Países no combate à Pandemia do COVID-19. Todas estas medidas restritivas acabam por ter impacto também no transporte de mercadorias. Nesta altura, a Alfaloc ainda tem todos os seus serviços disponíveis e soluções de transporte para todos os principais destinos.

 

No entanto, nos últimos dias temos vindo a detetar vários atrasos e, em alguns casos, devoluções de mercadoria causadas pelas dificuldades logísticas no próprio local de destino.

Antes de fazer o seu envio, seja qual for o destino, confirme que o seu destinatário continua a ter as instalações abertas.

 

Não conseguindo antecipar todas as dificuldades, podemos disponibilizar alguma informação atualizada dos últimos dias em relação a alguns códigos postais com maiores dificuldades.

Abaixo alguns códigos-postais/países onde estamos a ter mais dificuldades nas entregas.

 

PALOP

 

Itália:

 

França:

 

Roménia: 

 

Bélgica:

 

Reino Unido:

 

Holanda:

 

Espanha:

 

 

19-03-2020

Até ao momento a Alfaloc não tem quaisquer registos de casos diagnosticados com o COVID-19. Muito por força das medidas que temos vindo a implementar mas também pela enorme sensibilidade dos nossos clientes que nos têm ajudado nas normais transações de mercadoria.

Conheça todas as medidas já implementadas na Alfaloc aqui.

Queremos agradecer desde já, a todos os nossos colaboradores e, em particular, a todos os estafetas, pelo entusiasmo e dedicação com que têm assumido este desafio. E a todos os nossos clientes pela confiança demonstrada na nossa organização.

 

< Voltar a Coronavirus